Pensando em fazer cirurgia de catarata? O que você deveria saber

O risco de operação para substituir um cristalino turvo é baixo, rápido e eficaz, mas algumas decisões precisam ser tomadas. A cirurgia – envolve a remoção do cristalino turvo e sua substituição por uma lente sintética transparente – requer alguns dias no hospital e um período de recuperação mais longo. 

É realizado um especialista em cirurgia de catarata, em ambulatório com anestesia no local, o paciente retoma a vida normal em poucos dias. A eficácia é alta e a ocorrência de complicações é relativamente baixa. 

Por que você pode precisar de cirurgia de catarata?

A catarata é uma consequência comum ao envelhecimento. Sua formação é normalmente um processo gradual ao longo dos anos. O cristalino se torna menos transparente, mais fraco e geralmente mais espesso. 

Nos primeiros estágios, você pode ficar míope, esse problema pode ser resolvido com óculos. Conforme a catarata se desenvolve, sua visão à noite pode piorar e as cores se tornarem mais opacas.

Qualquer mudança na visão pode justificar um exame de vista. Entretanto, mesmo que as alterações sejam pequenas, é melhor não esperar que piore. Recomenda-se que todos os adultos de 40 a 64 anos de idade façam um exame oftalmológico completo a cada dois anos, não só pode verificar se há catarata, mas também outras doenças oculares, e é recomendado que idosos com mais de 65 anos tenham um exame anual. 

O médico irá realizar alguns testes, pedirá que você identifique uma série de símbolos ou letras no gráfico para testar sua acuidade visual. Também irá dilatar sua pupila com colírios e examinar o interior dos olhos. Iluminando uma pequena área dentro do olho por vez – o doutor pode ver se há catarata e avaliar a extensão da área turva. 

Quando você precisa de uma substituição de lente?

A remoção e substituição do cristalino é a única maneira eficaz de tratar essa doença. A decisão de fazer a cirurgia normalmente se fundamenta no grau em que a catarata interfere em sua visão e vida diária. 

Caso seu médico determine que você tem catarata nos dois olhos, provavelmente ele irá recomendar que você se submeta a uma cirurgia ocular com catarata densa. Caso a sua visão pós procedimento melhorar muito, você pode escolher não fazer a cirurgia no outro olho. 

Entretanto, fazer a operação do segundo olho traz muitos benefícios, incluindo percepção de profundidade e habilidades de direção e leitura melhores.

O que está envolvido na cirurgia de catarata

Por causa do aprimoramento tecnológico, aperfeiçoaram o procedimento de troca de cristalino, por isso são apenas 15 minutos para ser concluído. O método mais comum é a facoemulsificação – popularmente conhecida como faco. Ele fornece bons resultados em longo prazo, e 97% a 98% das cirurgias são bem-sucedidas e sem complicações.

O período de recuperação

Após o desaparecimento do efeito da anestesia, você passará cerca de 60 minutos na sala de recuperação. O médico vai colocar um filme protetor transparente nos olhos. 

Quando estiver na sua casa, seu principal objetivo é prevenir infecções oculares. Use algumas gotas de colírio por dia para evitar que a água entre em seus olhos. Contanto que você evite atividades que possam chocar a nova lente, como levantar pesos ou correr, você pode continuar a realizar suas tarefas diárias. 

Não é bom assistir TV ou ficar no WhatsApp no mesmo dia da operação. A primeira coisa que irá perceber é como as cores parecem vivas e quantos detalhes podem ser vistos. Seu cirurgião pode pedir que você volte para um exame no dia seguinte à operação, uma semana depois e várias semanas depois.

Fazendo a escolha da lente

Existem várias coisas a considerar ao escolher uma lente, entre eles:

O que é mais importante para você.

Geralmente, um implante de foco único é a melhor escolha. Ele oferece a melhor visualização de contraste. Essa também é uma ótima opção para pacientes relativamente jovens submetidos à cirurgia de catarata, pois o contraste diminui ao longo dos anos. No entanto, muitas pessoas com implantes precisam de óculos para leitura ou longas distâncias. Por isso, para você que trabalha muito perto das telas as lentes multifocais podem ser uma boa escolha.

A experiência do cirurgião. 

Como as lentes especiais são mais novas e relativamente poucas pessoas as escolhem, muitos cirurgiões têm experiência limitada em colocá-las. Se você está pensando em fazer um, descubra quantos implantes desse tipo seu cirurgião já executou.

Comments are closed.