TAMAR instala coletores de resíduos de pesca amadora em Ubatuba

Nesta semana que antecede o carnaval, o TAMAR Ubatuba-SP instalou cinco coletores para resíduos de pesca, em alguns dos locais mais frequentados por pescadores amadores na região central do município (Itaguá e Centro).

Os coletores são estruturas simples, mas que trazem facilidade para os pescadores no descarte de linhas denylon e anzóis.

As linhas de nylon descartadas no mar representam séria ameaça para as tartarugas-verdes (Chelonia mydas) que frequentam costeiras e píeres em busca de alimento. Quando enroscadas em pedaços de linha presos no fundo do mar, as tartarugas podem se afogar. É o que denomina-se pesca fantasma, quando um pedaço de petrecho de pesca perdido ou abandonado segue pescando peixes e outros animais marinhos.

No caso específico das tartarugas, estas costumam enroscar-se nas linhas de nylon pelas nadadeiras anteriores, o que impede a circulação sanguínea nestes membros e culmina na perda da nadadeira (amputação).

012Uma tartaruga-verde juvenil, há cerca de 11 anos, passou por reabilitação ao perder a nadadeira anterior direita. Após tratamento, foi liberada e recentemente encontrada novamente, desta vez com a nadadeira esquerda perdida pelo mesmo motivo (linha de pesca), comprometendo sua sobrevivência, conta a coordenadora do TAMAR Ubatuba, Berenice Gomes.

Outro problema grave é a ingestão dos fragmentos de nylon, e de diversos resíduos de plástico que provocam lesões e obstruções do trato digestivo dos animais, geralmente levando-os a óbito.

As atividades humanas provocam impactos em todos os estágios do ciclo de vida das tartarugas marinhas, desde a perda de áreas de desova e dos habitats até a mortalidade na costa, por redes, e em alto-mar, pela atividade industrial. Redes de pesca, anzóis, degradação de áreas de desova, fotopoluição e a poluição nas praias e oceanos, além das mudanças climáticas, são os principais inimigos das tartarugas e podem interromper a chance de recuperação das cinco espécies que ocorrem no nosso país.

Fonte e foto: Tamar Ubatuba

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: