Câmara de São Sebastião rejeita reforma administrativa do Legislativo; projeto será reapresentado

Os vereadores rejeitaram, na sessão desta terça-feira (5/12), o projeto que altera a estrutura administrativa da Câmara de São Sebastião.

O projeto, apresentado pela Mesa Diretora, pretendia reduzir para 24 o número de vagas de assessor parlamentar (hoje são 50). Mas uma emenda do vereador Ernaninho Primazzi manteve 48 vagas.

Outras duas emendas, dos vereadores Pedro Renato e Reinaldinho Moreira, criaram mais três funções gratificadas para servidores efetivos.

O projeto, com as emendas, foi aprovado, em primeira votação, na sessão anterior. Mas a Procuradoria Jurídica advertiu que as emendas somente poderiam ter sido apresentadas pela Mesa Diretora, em função do aumento de despesa.

Com isso, os vereadores optaram pela rejeição do projeto, em segunda votação. Uma nova proposta deve ser apresentada, na próxima sessão.

Fonte e foto: Câmara de São Sebastião

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: