Confira como foi a I Jornada da Rede da Pessoa com Deficiência do Litoral Norte

A I Jornada da Rede da Pessoa com Deficiência do Litoral Norte aconteceu entre os dias 3 e 5 de dezembro, em Ubatuba, e teve o objetivo de discutir temas como inclusão social, acessibilidade, capacitação profissional, direito à saúde, à educação, ao esporte, ao lazer e à cultura, dentre outros.

O evento abriu na manhã de domingo, 3, dia internacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, e teve atividades recreativas e de lazer na praia do Perequê-Açu como parte do programa Praia Acessível, que possibilitou a oportunidade de se divertir e tomar um banho de mar a pessoas que não entravam no mar há mais de 10 ou até 40 anos.

As atividades na praia também tiveram a presença do atleta tetraplégico Robson “Careca”, que surfa e rema. “A ação foi de suma importância para visibilidade e fomento de questões pertinentes à criação da rede de cuidados à pessoa com deficiência”, conta Careca.

No período da tarde, com apoio do setor de obras da secretaria de Saúde de Ubatuba e de pacientes e voluntários (Caio, Auri e Luciana Costelucci), foi realizada uma tarde de lazer na praça Capricórnio, com apresentação dos atletas de jiu-jitsu da Academia e Projeto Social Ratos de Tatame, sob comando do professor Fernando Ferreira, que tem entre seus alunos Pessoas com Deficiência. Participaram também os paratletas Adriel Silva (cadeirante) e João Henrique (skatista profissional bi-amputado), da equipe Jumper, que deram mostra de manobras radicais em cadeiras de rodas a pista de skate. A tarde encerrou com show da banda Lira Padre Anchieta.

Todas essas atividades lembraram a importância do esporte na reabilitação, inclusão social, autoconfiança e motivação da pessoa com deficiência.

Debates na Câmara Municipal

Já o segundo e o terceiro dia da jornada foram de palestras, debates e homenagens. A abertura no dia 4 contou com a presença do secretário de Saúde, Roberto Tamura. O neurocirurgião Waldir Duarte Júnior abordou as lesões neurológicas que causam deficiência. Já a psiquiatra Marcela Pellegrino falou sobre transtornos psíquicos e a enfermeira Sheila Barbosa, sobre os cuidados na Atenção Básica bem como a formação da Rede.

Os cuidados aos pacientes com necessidades especiais na Saúde Bucal do município de Ubatuba foram o foco da palestra de Vanessa Campos, mestre em Odontologia, que atende junto ao Centro Especializado de Saúde Bucal de Ubatuba.

A mesa redonda final reuniu a representante da secretaria de Saúde de São Sebastião, Juliana Coelho, e da secretaria de assuntos da Pessoa com Deficiência e Idoso de Caraguatatuba, Paula Hiromi Kavadi, bem como Maria de Loreto, representando a secretaria de Saúde de Ubatuba, e Leovigilda Cesar, da Unidade Integrada de Reabilitação (Unir). Realizar novas reuniões de articulação com relação ao financiamento de materiais de tecnologia assistiva e meios auxiliares de locomoção, bem como para trazer curso de capacitação para as equipes para o Litoral Norte foram pontos acordados nessa mesa.

O encerramento da jornada teve ainda uma homenagem aos ex-coordenadores da Unir, que por lá passaram ao longo dos últimos 20 anos, e que fizeram história: Benedito Vicente, Maria Joana Monte Claro, Sueli Nogueira e Elaine Mendes.

Fonte e foto: Prefeitura de Ubatuba

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: