Caraguá cadastra doadores voluntários de medula óssea

Nos dias 22 e 23 de fevereiro, os interessados em doar medula óssea poderão participar da Campanha de Cadastro de Doadores, que será realizada no Campus Martim de Sá, do Centro Universitário Módulo, das 7h30 às 11h e das 18h30 às 22h.

A ação integra a nova edição do Trote Solidário da Instituição, em parceria com o Governo Municipal de Caraguá, por meio da Secretaria de Saúde, e do Grupo Madú-Medula de Presidente Prudente (SP).

A medula óssea é o conjunto de células responsáveis pela produção dos elementos do sangue, estando na corrente sanguínea e alojada no interior dos ossos (tutano), não se tratando da medula cervical/espinhal (coluna). Qualquer pessoa entre 18 e 54 anos e em bom estado de saúde pode se registrar como candidato a doador. Basta apresentar o RG e o cartão SUS, preencher uma ficha com os dados pessoais, incluindo o telefone de dois familiares. Em seguida, haverá a coleta de uma amostra (4ml) de sangue, como um exame de laboratório.

O transplante de medula óssea é a última opção de tratamento para alguns tipos de câncer e doenças hematológicas, incluindo as leucemias. Quando diagnosticada a necessidade do transplante, o doente tem a chance de encontrar um doador compatível a cada 100 mil pessoas.

Banco de dados – O resultado ficará no Registro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME), banco de dados existente no Instituto Nacional do Câncer (INCA) e será constantemente confrontado com o Registro de Receptores de Medula Óssea (REREME), banco de dados com a tipagem de HLA (exame que identifica as características genéticas de cada indivíduo).

Caso haja compatibilidade com alguém, existem duas formas de extração: por meio de veia do braço (como uma doação de sangue) ou via punção de osso do quadril, com anestesia.

Restrições:

Interessados em se cadastrar não podem:

– Ter histórico hepatite após a infância (10/12 anos);

– Ter feito Quimioterapia ou Radioterapia;

– Ser dependente de Insulina;

– Já ter sido cadastrado anteriormente.

Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: